Turismo

Parque da Ferradura em Canela – Natureza exuberante fora do roteiro

A Serra Gaúcha está entre as regiões mais visitadas do país. Nos principais roteiros de Gramado e Canela estão diversos pontos turísticos naturais, temáticos, históricos e gastronômicos. É uma região pra ficar por dias, e ainda assim vai dar a sensação que não foi possível ver tudo.

E os curiosos, como a maioria dos viajantes que buscam opções além das convencionais, vão se surpreender e com certeza, incluir mais essa atração que vou indicar: O Parque da Ferradura.

Imaginem um cenário de tirar o fôlego. Tenho certeza que, se não todos, a maioria das pessoas se sentem dessa forma quando chegam ao alto do vale e avistam o rio Caí correndo em forma de ferradura (daí o nome da reserva natural), cercado por uma mata de araucárias e um grande paredão de rocha. Esta é a vista dos mirantes do parque: é convidativo ou não é?

Rio Caí

Acesso :

São 13km de distância do centro de Canela. Pra chegar lá, é só seguir até o final da Estrada Caracol. Nessa estrada ficam algumas das principais atrações da cidade: os Bondinhos Aéreos, Parque Caracol, Mundo Gelado entre outros. Vá de carro! Não precisa ser um 4×4, mas são 5km de estrada de terra. O veículo acaba sofrendo um pouquinho e o ônibus de turístico de Gramado e Canela não inclui o local no roteiro.

Entrada do Parque da Ferradura

Mirantes: 

Observar a grandiosidade daquela paisagem é o grande atrativo que o parque oferece. São três mirantes que permitem a vista de ângulos diferentes. O acesso é fácil e estruturado com escadas em madeira que garantem o conforto e segurança ao visitante.

Belvedere

Trilha: 

Pra quem tem disposição e preparo físico, pode se aventurar pelas trilhas que levam a pontos diversos da reserva. A principal vai até às margens do rio. Eu, como estou bem fora de forma, fiquei só observando lá de cima mesmo. Quem sabe na próxima! São 400 metros de descida percorrida em 1h, aproximadamente.

Trilha com degraus em madeira

Animais: 

A região é habitada por macacos-prego, cutias, gambás, veados-madeiro e quatis. Eu acabei não encontrando nenhum deles. Foi melhor assim, pois apesar de achar os bichinhos umas graças, sou bem medrosa. Talvez os assustasse por eles me assustarem. Confuso?! Também fiquei. É mais ou menos por aí!

Infraestrutura:

Além dos mirantes, o espaço conta com um restaurante, parquinho e até churrasqueira. É simples mas atende bem aos visitantes.

Funcionamento: Ter a Domingo – 8h30 às 17h30
Ingresso: Adultos – R$ 12,00. Idosos e crianças de 6 a 12 anos – R$ 6,00.

Então é isso, fica essa dica! Mais uma opção imperdível pra incluir no seu roteiro.

Guia de Turismo e Estudante de Jornalismo do Rio de Janeiro. Criadora do IG Ela, a Viajante. Apaixonada por tudo que envolve o universo de viagens: cultura, línguas, história, arquitetura, gastronomia... As diferenças tornam o mundo mais interessante!