O que fazer em Toledo, na Espanha?

Toledo é umas das cidades que é possível conhecer em apenas um dia, com uma bate e volta de Madrid. O trem sai da estação Atocha, e pode ser comprado o bilhete na hora. Não se assuste quando chegar em Toledo e se deparar com uma estação pouco longe do centro histórico. Muitas pessoas seguem a rua caminhando até o portão principal da cidade antiga, mas são uns 17 minutos subindo que dependendo do calor que está pode ser um desafio. Há a possibilidade de pegar um ônibus de linha ou um taxi. Nós viajamos em junho e já estava bem quente nessa época, e como estávamos em três, decidimos pegar um taxi até o portal.

O ponto de entrada das muralhas da cidade antiga é a Puerta de Bisagra Nueva. É bem fácil de reconhecer, de origem medieval ela possui duas torres circulares ligadas a porta e duas pontas. Foi readaptada por Alonso de Covarrubias no século XVI. No momento em que pisamos do lado de dentro da muralha tudo muda, como se voltássemos no tempo.

Andamos pela rua principal, não há mistério, é a única rua possível. Ao longo fomos apreciando a arquitetura mantida pelo tempo. Chegamos à Mesquita Cristo de La Luz. Curioso observar a calçada logo na entrada. A presença de um paralelepípedo branco contrasta com os demais. A lenda conta que ele marca o local onde o cavalo de Rei Afonso VI ajoelhou-se e recusou-se a seguir em frente. Esse gesto foi interpretado pelo Rei como um sinal divino, entrando na mesquita, onde viu um brilho saindo de uma das paredes. O rei ordenou que a parede fosse escavada e ali atrás encontrou-se um crucifixo com uma lamparina acesa. Para que a história não fosse esquecida o rei gravou seu escudo durante a primeira missa que se realizou no local.

Na porta da entrada da mesquita tem um centro de informações turísticas, pegamos os mapas de papel e compramos a “Pulseira Turística”, ela dá direito a entrar em praticamente todas as atrações de Toledo. Seguimos pelas ruas e nos encantamos com a decoração para a festa de São João, os moradores estavam colocando as peças nas ruas, tornando a sensação de voltar no tempo ainda maior.

Entramos na igreja dos Jesuitas, ela tem uma torre onde é possível subir e ter a melhor vista 360° de Toledo. Andando pela “Juderia” ou bairro judeu é fácil se perder pelas pequenas ruas e descobrir novos cantinhos mágicos. Há duas Sinagogas que valem a visita. A Sinagoga Santa Maria de La Blaca e a Sinagoga del Transito.

Uma das dicas mais preciosas que recebemos de uma local, foi o restaurante museu de produtos de Castilla La Mancha. Servem comida típica espanhola com preço justo e se localiza na rua Puerta del Cambrón, 10.

Para finalizar o dia entramos na catedral de Toledo. É disponibilizado um radioguia para compreender as alas e as esculturas da catedral. Vale muito a pena a visita. Na praça Mayor existem vários restaurantes e cafeterias, não pode deixar de experimentar o famoso marzipã.

Desta praça que saem os ônibus para a estação de trem, então é só sentar e curtir o clima até a hora de partir para a próxima!

Roteiro completo:

  • 2 dias em Madrid
  • 1 dia em Toledo (bate e volta)
  • 2 dias em Valência
  • 1 dia em Montserrat (bate e volta)
  • 2⅓ dias em Mallorca
  • 6 dias em Barcelona

Dominique Rubenich

Gaúcha, 25 anos, formada em Biomedicina. Viajante pelo mundo, já tive a oportunidade de desfrutar das belezas de 26 países e pretendo aumentar ainda mais esse número. Amante de novas descobertas, culturas diferentes e pessoas cheias de histórias. Dizem que quem não viaja lê apenas uma página, não é? Bora ler o livro todo!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.