Gosto de gente que: Vamos? Vamos!

Ah, como o mundo está tão cheio de “mimimi”, tão cheio de pessoas sem atitudes e sem opinião própria…Isso me cansa!

Gosto de gente bem resolvida e que quer aproveitar a vida ao invés de ficar parado vendo a vida passar, gosto de gente que “Vamos? Vamos!”. E não as que ficam com desculpinhas sempre, com aquela velha história do: vamos marcar algo qualquer dia e esse dia nunca chega.

O mundo já é tão complicado e tão difícil, por isso sou mais o tipo de pessoa descomplicada, que topa qualquer parada e que mesmo se a grana estiver curta dá um jeito na situação, ou arruma um programinha mais light.

Ando preferindo ficar perto das pessoas que não estão preocupadas onde vamos ou o que vamos fazer, convenhamos: não importa onde, quando e muito menos o lugar! O que faz tudo valer a pena são as companhias.

Quem nunca foi para um “rolê” que estava na cara que seria furada, mas acabou sendo um dos melhores simplesmente pelas companhias? Por isso, se rodeie de pessoas que gostam de você, se afaste das pessoas tóxicas, das que vão ficar te “cozinhando em banho-maria” e das que te criticam por tudo.

Troque esse tipo de pessoa pelas parceiras, que não tem medo de arriscar, que fazem as maiores loucuras e passam os maiores micos, mas que vão rir de tudo depois.

Às vezes fico me perguntando como pode ter gente tão maldosa e manipuladora, que se acham os fodas em tudo e que ficam julgando e criticando as atitudes dos outros. Acho que, talvez, seja a vontade de ter a coragem que essa pessoa tem, para fazer o que quer, na hora que bem entende, sem se preocupar com a opinião dos outros. Não espere o momento ideal, ele pode nunca chegar.

Sou fã de pessoas leves, descontraídas e de boas energias, sou fã de gente que faz o que tem vontade, que fala o que sente sem medo e sem vergonha, que tem opinião, que se importa, sou fã de quem sabe ser sol em dias nublados.

Sabe a frase: As melhores coisas da vida são as pessoas que amamos, os lugares que conhecemos e as memórias que guardamos ao longo do caminho ?

Então, espero que você se livre de pessoas tóxicas e comece a aproveitar cada segundo da sua vida, sem pensar no que os outros vão pensar, faça uma viagem com pessoas que você ama e que topem o inesperado, esteja aberta ao novo e talvez o universo possa te surpreender.

Mais atitude, galera, e menos enrolação!

Ana Paula Gomes

Sanjoanense, virginiana, solteira, 24 anos, contadora, apaixonada em viagens, comida japonesa, festas, musicas, filmes e vivendo em busca por conhecer novos lugares.