Turismo

Ela ouviu do namorado que ‘não aguentaria’ viajar de moto. Aí ela foi e viajou 28.000 km de moto

Com 32 anos de idade Nikki Misurelli já viveu aventuras que uma pessoa comum não vai viver uma vida inteira: Ela pilotou uma moto por 28.000 km.

Tudo começou quando ela decidiu tirar a carteira de motorista e passou no teste de direção, a partir daí começou a fazer tudo de moto, até ir no supermercado. Até que em setembro de 2016 seu namorado teve a ideia de fazer uma roadtrip.

“Ele me disse que queria descer do Alasca à Argentina”, disse ao The Independent. “Eu queria ir, mas ele disse que não, porque supostamente seria muito perigoso e intenso”, e ainda completou com “É uma viagem para homens, você provavelmente não aguenta”.

“Então terminamos e eu fui sozinha”

Desde então ela não parou mais. Ela já percorreu a América central e parte da Europa. Nikki não tem emprego, casa própria ou fonte permanente para viver. “Muitas pessoas me chamam de rica”, diz ela. “Mas é mentira, eu não tenho quase nenhuma posse, peguei todo o meu dinheiro e vendi meus pertences. É incrível o quão pouco precisamos na vida”.


Conheça também a nossa loja:

Acesse loja.dcpm.com.br 


Entre as viagens, ela trabalha meio período. Possui poucos gastos, planeja com antecedência e dorme em qualquer lugar.

Nikki ainda dispara: “Eu quero que as mulheres de todo o mundo saiam para viajar“, diz ela. “Se você quer que algo dê certo, faça acontecer. É assim que me sinto sobre viajar”.

E aí galera, o que acharam da atitude na Nikki? Você teria coragem de pegar uma moto e sair pelo mundo sozinha? Conte sua experiência pra gente, seja de moto, carro, avião ou a pé, e quem sabe a sua história pode virar uma homenagem aqui no De Carona Pelo Mundo?

Muito obrigado pela atenção, não esqueça de deixar um comentário aqui embaixo <3

Blog DCPM criado para quem gosta de se informar e se divertir!

3 Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.