Destaques

5 pontos turísticos semelhantes no exterior e no Brasil (ou: comparativo de lugares alternativos para bombar no insta)

Aaah, os pontos turísticos famosos! Quem não gostaria de uma fotinho em um deles que seja? Afinal, tanta fama não deve ser à toa e os milhares de turistas não podem estar tão enganados!
Só que, apesar de a visita quase sempre valer a pena (aliás, isso é questionável, né? Querem um post sobre esse assunto?), nem sempre uma viagem internacional está a nosso alcance, seja por questões financeiras ou burocráticas como exigência de visto e/ou passaporte. Por isso, trago hoje 5 lugares alternativos que podem não ser iguais, mas são tão ou mais bonitos que cartões postais famosos – e a maioria deles aqui mesmo, no nosso Brasilzão! Bora conferir?

Torre Eiffel (Paris) x Tianducheng, China x Bauru, São Paulo

Clássico dos clássicos! Quem nunca sonhou com uma selfie em frente à Dama de Ferro, que atire a primeira pedra! O que muita gente não sabe é que a famosa Torre Eiffel possui algumas “réplicas” espalhadas pelo mundo, como a versão de Las Vegas (talvez a mais mais conhecida) e sua irmã na cidade chinesa de Tianducheng , com 108 metros de altura (a original possui 324 metros). Nesse link aqui você pode conferir mais sete lugares para ver outras versões do monumento, incluindo uma brazuca, em Bauru-SP!

Torre Eiffel “original” x versão chinesa em Tianducheng. Imagem: Folha-UOL.

Azure Window x Boca do Inferno (Cascais) x Jericoacoara

Essa é minha queridinha por razões de: quem viu, viu; quem não viu, não vê mais! 🙁 Eu tive a oportunidade de estar na Azure Window, ou Janela Azul, em Malta, em 2015; e em março de 2017 a estrutura colapsou e desabou no mar. Mas se você tem vontade de ver uma formação rochosa do tipo, outras duas opções tão lindas quanto são a Boca do Inferno (que fica em Cascais, Portugal) e a brasileiríssima Pedra Furada, em Jericoacoara-CE.


Aveiro (Portugal) x Ouro Preto (Minas Gerais)

Intitulado Veneza Portuguesa, Aveiro é um destino famoso, entre outras coisas, pelas suas casinhas listradas e coloridas de encher os olhos. Mas Ouro Preto-MG, por sua vez, além de ruas repletas de cultura e história riquíssimas, também possui sua versão das casinhas de bonecas. Não são listradas, é verdade, mas tem um encanto todo especial também.


Casa Rosada, Buenos Aires x Casa de Cultura Mario Quintana (Porto Alegre, Rio Grande do Sul)

A Casa Rosada, ou Casa do Governo, é um dos mais famosos edifícios da capital argentina, por sua beleza e importância histórica. Localizado na Plaza de Mayo, o casarão conta com visita guiada e é considerado um dos lugares mais importantes de Buenos Aires. Porém, se tudo o que você quer é matar a vontade de uma fotinho em uma casa Barbie wannabe, eu recomendo de olhos fechados a visita à Casa de Cultura Mario Quintana. Localizada em Porto Alegre, a casa era originalmente um hotel e serviu de morada a um dos maiores poetas brasileiros de 1968 a 1980, além de outras figuras históricas importantes como os ex-presidentes Getúlio Vargas e Jango Goulart. Hoje, a CCMQ dedica seus espaços a artes como cinema, música, dança, teatro, literatura, realização de oficinas e eventos ligados à cultura.

Cristo Redentor, Rio x Is-Salvatur Żebbuġ, ilha de Gozo, Malta

Essa é pra chocar mesmo! Quem diria que nosso maior cartão postal teria sua versão em terras mediterrâneas? Malta é um país MUITO CATÓLICO (pra se ter uma ideia, reza a lenda que a ilha de 316 km² possui 365 igrejas, uma para cada dia do ano) e, dentre outras belezas históricas e naturais, conta com essa estátua, de 96 m, de Cristo abraçando a cidade, assim como no Rio. Além disso, há uma outra de 13 toneladas (!!!), dessa vez embaixo da água.

E aí, curtiu as versões alternativas desses pontos turísticos? Já conhecia ou já visitou alguma? Me conta aqui embaixo nos comentários, vou adorar saber tua opinião!

Me segue nas redes:

facebook.com/lorepoleto
instagram.com/lorepoleto
pinterest.com/lorepoleto

Gaúcha que detesta frio. Professora, tradutora e fotógrafa por profissão e viajante por paixão. Ama línguas, arte, história e culturas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.