5 motivos pra escolher o litoral de Alagoas como próximo destino

Olá viajantes! Final de ano chegando e a vontade de viajar começa a ficar incontrolável, não acham? Ainda mais com esse clima primavera verão que já podemos sentir. E então “bora” planejar a viagem das férias ou do feriadão prolongado. Uma boa parte de nós brasileiros quando vai escolher o destino de férias, pensa mesmo em praia, concordam? E a região nordeste tem um litoral que faz a gente se sentir no paraíso tamanha sua beleza. E com tantos lugares incríveis, paira aquela dúvida: pra qual estado eu vou? Minha última escolha foi Maceió e as praias alagoanas. Que surpresa boa foi esse destino! Foram vários pontos positivos. E vou listar pra vocês 5 que se destacaram e que podem te fazer escolher o litoral alagoano pra visitar nas suas próximas férias.

1- Receptividade

Vamos começar com um ponto bastante importante. Afinal, ser turista é estar em estado de graça. E o que a gente espera dos nossos anfitriões é no mínimo educação e simpatia de brinde. Isso nos deixa muito mais felizes. A solicitude (amo essa palavra) dos Alagoanos, que trabalham nesta área de serviços, proporcionou uma viagem bem mais agradável. Dos funcionários da pousada onde me hospedei, que por sinal, não tinha uma estrutura muito boa, ao motorista de aplicativo que fez o traslado de retorno ao aeroporto. Tenho só agradecimentos e admiração pelo trabalho que realizam.

Um jangadeiro solicito e tranquilo fez meu passeio em alto mar bem agradável

2- Beleza

Pára tudo! Nunca tinha visitado praias tão lindas. O conjunto, águas mansas e transparentes, areia branca e coqueiros, é um retrato do paraíso. As jangadas decoram o mar e permitem uma passeio tranquilo até as belas piscinas naturais. Meu destaque são a Praia do Marceneiro em São Miguel dos Milagres e Praia do Gunga, onde ficam as famosas falésias.

Praia do Marceneiro em São Miguel dos Milagres

3-Passeios

Quando viajo procuro fazer meus tours por conta própria. No geral, as agências de receptivo costumam fazer passeios muito corridos. Fora aquele “cata cata” nas hospedagens até fechar o grupo, o que deixa os turistas numa ansiedade só. Na minha viagem pra Alagoas, pesquisei bastante e como tinha pouco tempo, e quem faz tudo por conta própria precisa exatamente disso, escolhi conhecer as praias fora de Maceió com um receptivo. Apesar de pesquisado na internet, conheci a agência que escolhi na capital mesmo. Lá é comum as empresas ficarem na orla das badaladas Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca vendendo seus passeios. Tive uma grata surpresa: os passeios são baratos e bem proveitosos, pois eles dão bastante tempo, além de organizados. Uma dica é fechar seus passeios quando já estiver lá. Fui no inverno, e pode ser que na alta temporada sejam mais concorridas as vagas. Mas também percebi que são muitas empresas oferecendo o serviço

As falésias na Praia do Gunga é uma atração imperdível

4 – Custo

A gente sempre se ilude que nossos maiores gastos em uma viagem são a passagem e a hospedagem, não acham? Doce ilusão. É só sair de casa que começam as notas a voarem. Transporte, alimentação, passeios, souveniers… Enfim, são gastos e mais gastos. E nesse quesito, Alagoas me trouxe uma grata surpresa. O preço lá é muito convidativo. Na capital, na orla turística estão as praias de Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca. Me hospedei em Pajuçara há duas quadras da praia com um preço bem em conta. Apesar da hospedagem ser bem simples, fazendo jus à diária, a localização poderia ter deixado mais cara. Há muitos restaurantes na mesma região com pratos de preço bem diversos. Encontrei restaurantes servindo refeições por R$ 20,00 e outros a R$ 60,00. Os passeios também me surpreenderam. Traslados ida e volta para as praias mais conhecidas do litoral alagoano por valores baixíssimos. O passeio a praia do Marceneiro em São Miguel dos Milagres, por exemplo, paguei R$ 40,00. Dá pra aproveitar bastante por custo mais baixo do que já vi pelas minhas andanças de Norte a Sul do Brasil.

OBS: Esses valores estavam sendo praticados em Julho/2018

Restaurantes à beira mar tem diversas opções de pratos e preços.

5 – Clima

Quer acabar com as férias na praia é pegar um período de chuva. Nossa, desanimador. Visitei o litoral de alagoas durante o inverno. O começo da manhã dava até tristeza, tudo nublado. Não era só pelo risco de chuva, que estraga qualquer passeio, mas também pelas piscinas naturais que ficam mais…em dias ensolarados. E não é que até o final da manhã, o vento levava todas as nuvens e a paisagem ficava perfeita?

Após de uma manhã nublada, quem pode imagina um fim de tarde desse?

Então meus queridos, depois desses motivos, espero ter dado uma ajuda pra quem está indeciso. O Brasil é um país lindíssimo, e fica bastante difícil escolher um lugar dentre tantos tão atrativos. Por isso, nosso papel aqui é apresentar o que tem de melhor nesse universo das viagens.

Jane SilBar

Guia de Turismo e Estudante de Jornalismo do Rio de Janeiro. Criadora do IG Ela, a Viajante. Apaixonada por tudo que envolve o universo de viagens: cultura, línguas, história, arquitetura, gastronomia... As diferenças tornam o mundo mais interessante!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.